Revisão do Plano Diretor

Prefeitura do Município de Piracicaba

Site do Ipplap receberá propostas para a Revisão do Plano Diretor

A partir de quinta-feira (14), a população poderá enviar as propostas para o site do Ipplap (Instituto de Pesquisa e Planejamento de Piracicaba), no site www.planodiretor.piracicaba.sp.gov.br, relativas ao Processo da Revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento. Na manhã de sábado (09), no Anfiteatro do Centro Cívico, foi realizada a Apresentação da Leitura Participativa e Encaminhamentos do Processo da Revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento. Foi apresentado o resultado das discussões das 16 oficinas realizadas.

Estiveram presentes no evento o vice-prefeito José Antonio de Godoy, o diretor-presidente do Ipplap, Arthur Ribeiro, o vereador Pedro Kawai – representando o Legislativo – e líderes comunitários de diversas regiões. Houve palestra com o arquiteto Geraldo Moura.

No evento foi apresentado o resumo das respostas obtidas nas Oficinas da revisão do Plano Diretor, abrangendo tanto aspectos positivos e negativos de Piracicaba (zonas urbana e rural). Entre os negativos apontados estão segurança, mobilidade urbana, saúde, loteamentos irregulares e crescimento desgovernado. Entre os aspectos positivos, belezas naturais, ampla zona rural com muitos cursos d’água, potencial turístico, cultura, qualidade de vida, educação (cursos técnicos e universitários) e tecnologia.

Coordenado pela Secretaria Municipal de Governo e Ipplap, o Plano Diretor de Piracicaba planeja os próximos anos da cidade, organiza seu crescimento e transformações, definindo as ações prioritárias.

Godoy explicou que a revisão do Plano Diretor é uma obrigação legal (Estatuto da Cidade – Lei Federal nº 10.257/2001), porém tem como principal objetivo unir a população ao poder público e criar a oportunidade para atualizar a lei em vigor, além de rever os dispositivos regulamentadores, na perspectiva de combater as desigualdades na cidade e implementar propostas para ordenamento territorial, proporcionar sustentabilidade e qualidade de vida.

Arthur Ribeiro disse que, após o recebimento das propostas através do site do Ipplap, acontecerá a Conferência para pactuar as propostas com a população. Em seguida o PDD é escrito em forma de projeto de lei, para aprovação do Conselho da Cidade e no final do segundo semestre enviado para apreciação na Câmara de Vereadores.

O representante da sociedade civil no Concidade, Ivanjo Cristiano Spadote, reconheceu a importância do PPD, “por nortear o crescimento ordenado e sustentável da cidade e proporcionar sustentabilidade e melhores condições de vida para a população”.

voltar
Desenvolvido por Centro de Informática - Prefeitura do Município de Piracicaba
Utilizando as tecnologias Wordpress - Free and open-source content management system jQuery - Write less, do more.